Pages

quinta-feira, 15 de março de 2007

Tooth - uma fada diferente

Ontem à noite vi o filme "Tooth - uma fada diferente". É o tipo de coisa que ofende a inteligência das crianças... a história não tem pé nem cabeça e nem é engraçada. Por ser da Focus, achei que o filme ia ser bom (muitos filmes infantis são muito bons! Gosto muito de "A história sem fim" e "A menina e o porquinho", por exemplo).

Há um casal com dois filhos (um menino de uns oito anos e a menina, uns seis). O pai é aspirante a músico e a mãe é policial (ou algo do tipo, pelo uniforme que usa - no filme todo, as informações são meio aleatórias, nada é bem explicado e você deduz o que quiser) - pelo que parece, só ela trabalha, enquanto ele fica tentando compor (ou seja, fazendo nada o dia inteiro). Foram ex-hippies (dedução minha) e não dão valor ao dinheiro, vivem num casebre. Quando a menina perde um dente, a mãe diz para ela colocar o dente embaixo do travesseiro, porque a fada dos dentes vai lhe um dólar. Ela faz como a mãe indicou e, enquanto ela dorme, vem uma fada dos dentes (uma meninha vestida de modo exdrúxulo) e lhe deixa umas moedas, aparentemente de ouro, mas não é dinheiro "de verdade". Como o pai não trabalha, não há muito dinheiro e um pessoal começa a recolher os móveis da casa para saldar dívidas e a mãe não consegue comprar nada no supermercado porque o cartão está bloqueado (sem saldo). O Natal se aproxima, e eles não têm dinheiro. Quando a menina perde mais um dente, ela deixa um recadinho para a fada, pedindo zilhões de dólares porque precisa do dinheiro. A fada maluca (Tooth) atende o pedido dela e o lugar encarregado de fazer a troca de dólares por dentes, se não me engano, "Fairytopia" (detalhe: nunca é explicado o que eles fazem com os dentes que recolhem das crianças), fica sem dinheiro a poucos dias antes do Natal (o dinheiro que a Tooth dá à menina seria para comprar presentes de Natal para as crianças do mundo inteiro... (o dinheiro que é trocado por dentes é o mesmo dinheiro com que o pessoal da Fairytopia usa para comprar presentes)... a história é muito mal amarrada!!).
O pessoal fica bravo com a Tooth, o chefe (um coelho gigante, cinza e hipocondríaco) diz que vai reorganizar toda a Fairytopia e que vários funcionários que ocupavam cargos bons, terão de lavar banheiro por muito tempo, então ela vai tentar resolver o problema.
Nisso tem um loucão, dono de uma empresa de segurança, que quer provar que fada dos dentes existem e, quando a Tooth tenta recuperar os zilhões que ela deixou na casa das crianças, ele e o pessoal de segurança dele aparecem. O coelho-chefe vai de furgão para lá, para ajudar a Tooth e, por confusão, acaba voltando para a Fairytopia com os pais na parte de trás do furgão (a entrada para Fairytopia é uma lavanderia de carro, aí o furgão desce (a Fairytopia é subterrânea).
As crianças e a Tooth fazem um trato: elas ajudam a Tooth a encontrar a "Sra. C" (acho que, em inglês, deve ser uma referência à "Merry Christimas" (Mrs. C)), esposa do Papai Noel - que filme mais tosco!!, que é a única que pode ajudá-la a recuperar a magia e a Tooth os ajuda a recuperar seus pais.
Depois de muito viajar, encontram uns personagens nada-a-ver pelo caminho e, finalmente, a tal Sra. C (que mora num asilo para mágicos aposentados - ?????????? -, junto com o Papai Noel), os vilões vão atrás deles, prendem-nos, daí um dentista, que primeiro parece fazer parte da gangue, mas depois revela ser, também, uma "fada dos dentes", ajuda-os a fugir.
Quando os vilões conseguem um jeito de chegar à Fairytopia e raptam o coelhão e a menina, a Sra. C surge e diz para Tooth que trouxe o dinheiro de volta (os lixeiros que pegaram os sacos de lixo onde as crianças haviam enfiado o dinheiro trabalhavam para ela) e fala para ela usar a magia, que a magia é o bem querer, o amor, etc. e que só isso poderia salvar os dois... daí ela ganha asas, voa rapidíssimo e, junto com o menino, consegue ajudá-los. A Tooth e o menino ficam amigos (eles não tinha amigos antes); o coelhão se torna babá da menininha e a família abre uma lavanderia e uma loja de instrumentos musicais para deficientes e vivem felizes para sempre. Fim. (????????????????????)

Ofende ou não a inteligência das pessoas?