Pages

domingo, 3 de junho de 2007

Almas Reencarnadas - Takashi Shimizu

Ontem/hoje vi cinco filmes, das 22:00 às 6:00 da manhã. De tudo quanto é tipo. Vou falar deles na ordem em que vi... e o primeiro foi "Almas Reencarnadas", um filme de terror japonês.

O filme é sobre a produção de um filme (é, um filme dentro do outro), que conta a história de um massacre que aconteceu em um hotel, nos anos 1970, 35 anos depois. Nesse massacre, um professor universitário, mata a família (esposa e dois filhos) e mais 8 funcionários do hotel onde estavam hospedados e filma tudo com uma câmera 8mm. Ele estava fazendo uns experimentos sobre memória (se a memória persiste, mesmo depois da morte).

Quando as filmagens começam, a protagonista começa a ter "pesadelos", a sentir e ver coisas. Ela acha que é a reencarnação da menininha e que vai morrer do mesmo jeito que ela.

Gostei das partes em que a protagonista deixa a realidade e "delira", entra num mundo imaginário (?), que só ela vê e sente.

Teve umas partes que eu achei desnecessárias. No começo, um caminhoneiro atropela a alma (?) do autor do massacre e, quando ele vai olhar, o corpo está, de fato, embaixo do caminhão dele. Essa cena remete ao "presente", ou seja, nessa época o homem já havia morrido há mais de três décadas. Outras partes que eu não entendi (talvez por não ter função mesmo) foi a atuação de uma moça "vidente" (ela também tinha acesso aos "delírios" do massacre) e de uma outra moça, que dizia ser a reencarnação de uma das vítimas do massacre (ela tinha uma marca de corda no pescoço, pois fora enforcada).

O filme é entretenimento. Dá um medinho. Mas é só.

"Zutto issho dayou!!" :-D

Nenhum comentário: