Pages

terça-feira, 12 de junho de 2007

Dia dos Namorados - sem namorados...

Será que o meu coração é assim?
A crendice popular diz que o tamanho de nossa mão fechada é o tamanho do nosso coração. Se eu descobrir se isso condiz com a realidade, eu aviso.

Eu queria escrever um post sobre amor e corações vermelhos, mas o máximo que consigo é isso: postar essa foto de um coração tal como ele é. Não, não tem a ver com eu estar "triste" porque não tenho namorado(s) - meu lado libidinoso fala no plural -, é falta do que dizer mesmo...

O legal do dia foi ter recebido da Tati um monte de filmes e músicas que ela gravou em DVD pra mim (presente de Dia dos Namorados? Não, não... foi pura coincidência ter chegado logo hoje!). Quero ver e ouvir tudo. Vou comentando aos poucos. Tem um filme asiático em que tenho interesse em especial... a Tati comentou, vi o trailer, vi fotos na net, li comentários, vi algumas cenas no Youtube e quero demais ver o filme todo e logo!

Recebi o presente em meio a uma angústia tremenda porque hoje ia ter (e tive!) prova de anatomia e eu tinha a sensação de que quanto mais eu estudava, mais as coisas se misturavam na minha cabeça e menos eu sabia. Estava entrando em desespero. Fui muito mal numa pré-prova na semana passada (que não conta nota) e, diante da possibilidade de ter que fazer exame teórico escrito de toda a matéria do semestre, em julho, o desespero era real. O presente me deixou igual criança com brinquedo novo por alguns momentos e isso foi bom. Tive vontade de esquecer tudo, colocar os DVDs no aparelho e deitar no sofá. Ver todos os filmes (tem muitos... talvez mais de 20, talvez 30!). A angústia esquecida por alguns momentos. Fiquei feliz. Os discos vieram em uma caixa com fotos de animais, a maioria de pingüins - fotos daquele documentário maravilhoso, "A marcha dos pingüins", que ela própria colou. Lindo, lindo. A Tati não existe. É uma miragem.

Minha angústia se dissipou logo depois da prova. Não fui mal. Respondi a muitas, nem sei quantas, perguntas corretamente (as monitoras do laboratório colocram o gabarito para nós depois). Fiquei feliz. \o/

Ah, deixa eu contar como foi essa prova de anatomia. Foi uma prova teórico-prática e fizemos no laboratório de anatomia. É parecida com a prova somente prática que fizemos da outra vez, mas, além de termos de reconhecer "coisas" anatômicas apontadas na peça (em geral, por uma seta de papel e durex), que pode ser um pedaço de crânio, o crânio todo ou partes da cabeça conservadas em formol - havia 30 peças sobre as bancada -, tínhamos de responder perguntas teóricas: "Onde o músculo apontado se insere?", "Qual a ação deste músculo?", "Cite quais músculos são responsáveis pela retrusão da mandíbula e seus respectivos pontos de origem" e coisas assim. Não tivemos prova somente teórica (que, da outra vez, foi de alternativa - o que não significa que foi uma prova fácil!).

Processo pterigóide. Asa maior do esfenóide. Músculo gênio-hióide. Sincondrose. Gonfose. Sindesmose. Linha milo-hióidea. Língula da mandíbula. Masseter. Tuberosidade massetérica. Incisura mastóidea. Processo coronóide. Orbicular da boca. Músculo digástrico. Etc, etc.

Minha cabeça quase explodiu com tanta informação. Mas eu continuo adorando o curso e gostando muito de anatomia! :)

Continuando, a prova. Havia essas 30 peças para ser reconhecidas e uma pergunta que se relacionava ou não com o reconhecimento dela e uns dois minutos para responder. A cada dois minutos, trocávamos de lugar. Por exemplo, comecei pela peça nº 28, depois de dois minutos (o técnico do laboratório tocava uma sineta quando o tempo terminava), fui para a peça nº 29, depois 30, e depois para a nº 1, nº 2, etc. até chegar na nº 27, quando o ciclo terminou. Como as peças estavam bem distribuídas em todo o laboratório (para não colarmos), havia setas grandes, indicando para onde/que bancada deveríamos ir depois. Essa prova é chamada "gincana". Se não valesse nota, ia ser uma boa gincana mesmo! E o prêmio seria uma trufa bem cariogênica! ;-)

E, observação boba: hoje a professora de anatomia pintou o cabelo de ruivo (antes ela era loira) e ficou ainda mais parecida com a atriz Lília Cabral (como ela também tem olhos claros, ficou quase igual a Lília mesmo!). Achei legal porque ela provavelmente se arrumou para o marido... estava mais bonita que o normal - afinal, hoje é Dia dos Namorados... e dos casais românticos também :).

Depois, tivemos aula. Uma breve introdução sobre Sistema Nervoso. Mais nomes pra guardar. E quantos!

Mas agora chega porque preciso dar um jeito no trabalho de histologia sobre ATM (Articulação Temporomandibular - quando eu tiver terminado o trabalho, saberei um pouco mais e poderei fazer um post só sobre isso *hahahahaha* - é brincadeira!). A entrega é sexta e eu só terminei de começar. Cinco textos de cinco autores diferentes. "Faça um resumo comparativo, faça desenhos, e pinte bem bonito". Gostei da parte de ter que desenhar e pintar, mas os textos são meio chatos (embora necessários - e como! - para nós).


Nenhum comentário: