Pages

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

5 frações de uma quase história - vários diretores

São cinco histórias baseadas em histórias contemporâneas, que se passam em Belo Horizonte (oi, Ana!).

Tem a história da Lúcia, uma garota solitária, que está a procura de um namorado. Ela liga para um programa de rádio e marca encontro com um cara, no parque perto do Palácio das Artes (reconheci o parque na telona!). Tem a história de um podólatra, tarado por pés, que acaba fazendo uma exposição de fotos de pés femininos. Um juiz, que matou sua amante, uma ex-garota de programa, tenta fazer com que um funcionário público que trabalha com ele assuma o crime, em troca de dinheiro. Um homem que vê TV demais e mistura vida real e ficção. E também tem a história do magarefe (aprendi essa palavra quinta!), cuja esposa está distante e ele acaba descobrindo que ela é infiel.

Magarefe: [do ár-hisp. * magrif.] S.m. 1. Aquele que mata e esfola reses nos matadouros; açougueiro, carniceiro, carneador (achei no Aurélio)

O filme vale a pena!!

Para saber mais, clique aqui.


Nenhum comentário: