Pages

domingo, 4 de janeiro de 2009

Orlando Furioso - teatro de bonecos!

No dia 27/12/2008, um sábado, fomos eu e a Ana ver "Orlando Furioso", peça com teatro de bonecos, no SESC daqui - um SESC todo reformado, bonito.

(Talvez eu devesse falar para a Ana escrever uma crítica com argumentos, já que ela que entende mais...)

A peça "Orlando Furioso" é baseada no poema de Ludovico Ariosto, escritor italiano dos séculos XV e XVI. Tem mais informações interessantes e fotos da peça no link do início desse post.

Que eu me lembre, nunca tinha visto uma peça de teatro de bonecos. Os bonecos eram muito bem feitos, muito bonitos, agrada aos olhos!, mas eu não gostei muito da história e não me animei em ler o poema. Falava do paladino* Orlando, que enlouqueceu por causa de uma mulher. Escrevo assim, como espectadora leiga, mais uma opinião no meio de muitas. Não sei se por eu não estar no clima no dia, mas achei a história meio monótona. Há uma parte em que aparece um boneco siciliano (?) que começa fazer piadinhas; para mim, essa parte quebrou o clima do que estava sendo contado. Os bonecos anteriores falavam com uma certa formalidade, pareciam remeter a um tempo passado, e esse boneco falava como se fosse um dono de bar da esquina do século XXI. Mas não estou desmerecendo, porque deve ter dado um trabalho enorme preparar o espetáculo! Se quando eu ia cantar com o coral da faculdade já dava um certo trabalho (só quem estava nos bastidores é que sabia!), imagine isto...

Hoje tentamos ver "Chapeuzin Vermelho", outra peça de teatro de bonecos, mas os ingressos estavam esgotados (!!). Como disse a Ana, fomos gastar o dinheiro das entradas em comida no shopping.

* Um paladino é um herói honrado, cavalheiresco e intrépido, de caráter inquestionável, que segue sempre o caminho da verdade, bondade, lei e ordem, sempre disposto a proteger os fracos e lutar por causas justas. A palavra Paladino vem do latim palatinus (relativo a palácio), por sua vez, derivado do Palatino, uma das sete colinas de Roma. (Tirado da Wikipédia.)

Nenhum comentário: