Pages

quinta-feira, 18 de junho de 2009

A Mulher Invisível - Cláudio Torres

Nunca pensei que pudesse ser tão feliz numa quarta à noite.
A Lê me convidou para ver um filme, achei bacana, aceitei, ela é uma excelente companhia. Nos encontramos no Shopping Metrô Santa Cruz (a saída do metrô dá direto no shopping - a ideia é genial!; já conhecia esse shopping, mas não tive o mesmo "deslumbramento" das outras vezes em que fui, há anos). Tem uma pizzaria ótima lá (pedimos meia de rúcula e meia de mineiro, muito boa a pizza!), só o suco de laranja que deve ser de caixinha que foi um pouco decepcionante para mim, porque gosto de suco de laranja feito na hora. Mas pela pizza vale muito a pena!

Depois fomos comprar ingresso para "A mulher invisível". Não lembro quando foi a última vez que vi um filme tão engraçado - talvez "Sim, Senhor" (?)... mas esse filme foi hilário, eu gargalhava... o Selton Mello é ótimo!!

A história gira em torno de Pedro, que leva um fora da esposa com quem era casado há seis anos - ela vai emborar para Alemanha com um alemão que conheceu em um congresso. Então ele fica na fossa por semanas, quando conhece a vizinha, Amanda (interpretada pela Luana Piovani), e, por ela ser exatamente como ele queria, perfeita, ele se apaixona por ela. Mas ela nunca é vista por seus amigos, é uma mulher invisível. Se eu continuar, estarei "spoilando" o filme, então vou parar aqui. Excelente escolha para quem quiser exercitar a "risoterapia".

Nenhum comentário: