Pages

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Curtas no Memorial


Hoje foi feriado no estado de São Paulo. Revolução Constitucionalista de 1932. Para mim, dia de ir ao cinema e, depois, faxina.

Fui ver os curtas:

Água do Mar (México)
Você vai Lamentar (Argentina)
O Desejo (México)
Pehuajó (Uruguai)
Branca sua Umidade (Argentina)

no Memorial da América Latina, que fica perto da estação Barra Funda, um dos extremos da linha vermelha - é só descer e já se está praticamente no Memorial (para encontrar a saída mais próxima, é só seguir as placas "Memorial da América Latina -->" na própria estação), depois, é só procurar pelo monumento do Oscar Niemeyer, a mão sangrando, que simboliza a luta da América Latina por liberdade, a custa do sangue derramado dos revoltosos (achei essa explicação pela internet...).

Nunca tinha ido lá. Entrei por um dos portões que dá para o monumento do Niemeyer e onde também tinha um circo armado (?), fui caminhando e uma hora entrei em um pavilhão e a moça informou que o Festival de Cinema era no outro complexo do Memorial, era só atravessar a passarela e eu estaria lá. Depois e andar um pouco mais, cheguei ao local onde estava acontecendo o Festival. Achei que ia estar lotado (cheguei umas 12h50 e a exibição começaria às 13h), mas não tinha tanta gente.

Gostei muito dos curtas, especialmente de "Água do Mar", do México, cuja personagem que tem problema renal e está numa fila enorme de espera por doação decide fazer uma viagem para ver o mar, e também de "Você vai Lamentar", da Argentina, em que uma menina começa a desenvolver asas (!!), aí fica confinada em um hospital até os médicos decidirem o que fazer - o mais surpreendente é que não são asas como as de anjos, são asas "peladas", extensões ósseas cobertas por pele.

Tinha outra sessão às 15h, mas resolvi voltar, porque tinha de limpar a casa...

Obs: a foto que ilustra o post de hoje é do Jose Luis Pedroso, que escreve e ilustra o blog Sampa Fotos. Vale a pena conferir, as fotos são lindas!

2 comentários:

Jose Luis disse...

Olá Aline.
Pode usar a foto, sim (desde que dê o crédito, obviamente).

Obrigado pela indicação e pelo elogio.

Se quiser, siga-me também no twitter: http://twitter.com/jlpedroso

Até mais.

aline naomi disse...

Oba! Muito obrigada pela permissão dos direitos, Luis! ;)

Obs: não tenho Twitter =/, na verdade, nem sei direito o que é!