Pages

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Onde eu vim parar?


Eu queria ter fotografado isso desde que vim morar aqui. Quando cheguei, no começo do ano, o aviso já estava pregado. Me deu um certo medo de morar com pessoas que roubam lâmpadas dos corredores (!) - que pessoas seriam essas, que roubam coisas de uso coletivo como se fosse a coisa mais normal do mundo? -, mas, por enquanto, ninguém roubou as do meu andar... pelo contrário, quando queimou a mais próxima do meu apartamento, trocaram logo e eu agradeci mentalmente, porque às vezes era difícil achar o buraco da fechadura no escuro...

Diferente do que eu imaginava (do que esse aviso talvez dê a entender), não moro com um bando de maloqueiros transviados - apenas viados =P. O prédio é muito silencioso (raridade hoje em dia, não?) e, até onde sei, todo mundo se respeita e respeita o direito de os outros terem silêncio - nunca ouvi gritarias nem gemidos. A maioria dos moradores que encontro quase nunca é de aposentados/idosos e de gays. Só no meu andar moram dois. Bom, meu pai deve ter ficado tranquilo porque pelo menos não corro o risco de ser assediada por vizinhos tarados. Rá! Mas, falando sério, meus vizinhos gays são legais e parecem prestativos-atenciosos e com eles posso ter a certeza de que não agem dessa forma só para tentar me comer depois. Infelizmente sei que as coisas são assim, mas isso já não me afeta. Só não quero fazer parte/estou fugindo dessas mesquinharias.

2 comentários:

bi disse...

como assim ningúem comenta...? eu e ba viemos dar uma espiadinha no q vc anda (ou não) fazendo com a sua vizinhança...
=***

aline naomi disse...

HAHAHA!

A vizinhança é bemmm tranquila e estou feliz em morar aqui.

Beijo!!