Pages

sábado, 16 de janeiro de 2010

Fim de semana produtivo

Ontem fui ver "Hanami - cerejeiras em flor" no Reserva Cultural (av. Paulista, 900). Dica da Vi, mas ela mesma não foi. Fui sozinha. O filme é ótimo, colorido, lindo!! É alemão e se passa metade na Alemanha e metade no Japão e é permeado por butô (uma dança japonesa que a Ana me apresentou há algum tempo, lembrei tanto dela, ela ia amar).



Depois passei na Livraria Cultura e ainda fico meio chocada com o alto nível dos funcionários. Falei que queria um livro e o vendedor: "Ah, do K... (nome do autor)?". Sim, era! Como pode? Depois, na hora de embrulhar pra presente (há um setor só para empacotamento - e não cobram nada a mais por isso), o cara foi supersimpático, disse que tinha gostado da capa do livro, e perguntou se um outro livro era do mesmo autor (sim, era!, o livro mais recente do tal autor, que o vendedor tinha comentado comigo), daí ele anotou, porque queria ler depois (!!!) e também indiquei um outro que talvez ele poderia gostar. Pude escolher o papel, o pacote ficou lindo e eu fiquei tão contente! Faz tempo encomendei um livro do Canadá pelo site deles, porque ia ser o meu projeto de tradução no estágio da facu, quando deu o prazo previsto para entrega, o livro ainda não tinha chegado, daí um funcionário me ligou pra avisar do atraso e pra perguntar se eu preferiria esperar mais um pouco ou se queria o dinheiro de volta e pronunciou o nome do livro (em francês) certinho (!) - fiquei encantada. Elogiei muito o atendimento, acho que ele até ficou constrangido (haha!), e agradeci pelo contato. Esperei o tal livro chegar, mas depois me informaram que estava esgotado no fornecedor e acabei trocando por um material de polonês (que era mais caro, mas eles fizeram pelo mesmo preço que eu ia pagar pelo livro).

Hoje de manhã fui pro correio que fica perto da estação de metrô São Bento (para mim era o mais prático - o correio fica em uma praça praticamente ao lado da estação). Aqui perto de casa tem uma agência, mas não abre aos sábados. Foi legal o passeio, apesar de o lugar dar um pouco de medo (muitos mendigos na praça). Anhangabaú. Prédios bonitos.

À tarde fui abrir cadastro em uma locadora de DVDs. Precisava de um número de telefone fixo. Eu não lembrava o da editora nem o de ninguém e estava sem o celular. Tive de voltar lá depois. Dei o da Sol, espero que ela não se importe. Acabei de avisá-la por celular. Peguei: "Crepúsculo" e "Star Trek" (por causa do trabalho) e queria "A borboleta e o escafandro" ou "A Partida", por vontade própria, mas quando voltei lá, já estavam locados. Então, peguei "Quem quer ser um milionário?", que eu queria ver faz tempo. Queria muito estar ansiosa pra ver os outros dois também...

Fui pro Carrefour comprar água e comida. Comprei cabides na lojinha de 1,99, para tentar organizar as roupas no guarda-roupa.

Organizei a casa (tinha roupa e livros e papel por todos os cantos do quarto e da sala!!), dei uma varrida só pra enganar. Cheguei à conclusão de que preciso de mais uma estante pra pôr no quarto, uma escrivaninha com gaveta e uma cadeira confortável. Lavei toda a louça, organizei tudo no armário que comprei pra cozinha. E só essa semana notei que o armário/cristaleira não tem gavetas pra guardar os talheres (não sei por que não presto atenção nessas coisas antes de comprar!). Amanhã termino (lavar cozinha, banheiro, passar pano nos cômodos). Me entedio demais com essas tarefas domésticas, não aguentei e parei.

Amanhã a Shar vai me apresentar uns lugares legais no Tucuruvi. Falei pra ela me levar em uma padaria decente, porque tá difícil. Me desanimo tanto com as que tem aqui perto que parei de frequentar. Só quando bate uma vontade louca de comer pão de sal, aí entro na padaria ao lado, mas, fora isso, deixei pra lá.

Agora vou ver filme, tchau!

Nenhum comentário: