Pages

quarta-feira, 31 de março de 2010

Como destruir sua vida social e afetiva em 5 passos

1. Trabalhe das 8h às 18h.

2. Pegue um monte de trabalhos free-lance para fazer em casa à noite e nos finais de semana.

3. Se matricule em aulas de japonês e de tcheco.

4. More longe dos seus pais/da sua família, de modo que tenha de viajar para vê-los de quando em quando.

5. Dê a entender que trabalho e estudo são desculpas esfarrapadas para não ver amigos/pretendentes/namorados pessoalmente - recuse/adie todos os convites para sair.

=P

Não, não sou só eu. Daysoca respondeu um e-mail meu hoje e falou que a vida dela por aqui também está restrita basicamente a trabalho - aliás, o e-mail que mandei para ela também girava em torno de trabalho. Já nem sei quando a vi pela última vez. Provavelmente em uma viagem de Carnaval com o pessoal de tradução (2007?). Por falar nisso, não vejo as meninas da facu faz tempo também. Imagino que devam estar igual a mim e a Dayse...

4 comentários:

flavia disse...

somos 3! =(
estou me sentindo no clube da luta, aquele cara que vai do trabalho pra casa, e depois fica na internet vendo lojas virtuais e gasta todo o dinheiro..hahahaha (tiop eu).

aline naomi disse...

HAHAHAHA!!

Ai, Flávia, nem me fale...

Acho que não vi esse filme ainda, mas agora quero ver...

Para de gastar em lojas virtuais, menina! Economiza pra viagem!

Beijos!

.:*Mandy*:. disse...

1) OK
2) OK
3) Er... not yet.
4) Er... not yet.
5) OK

3 de 5 já é motivo de preocupação. Junte isso com uma faculdade integral de engenharia e o estrago está feito, hahahahahahahahaha

aline naomi disse...

HAHAHAHAHAHA!

É, Mandy... a vida não é muito fácil, mas ainda assim vale a pena!