Pages

domingo, 7 de março de 2010

Poesia urbana





[Adorei especialmente essa parte... "não me importo / qual sua cor / qual seu sexo / qual sua vontade / qualquer / ... / de repente / ... / contínua..."]

2 comentários:

Anônimo disse...

Interessantíssimo este "mural " de poesia...! Informação: onde encontra-se tal mural? para podermos apreciar também :)

aline naomi disse...

O mural fica perto do Mercado Municipal de Floripa! ;)