Pages

quinta-feira, 22 de abril de 2010

How do I start?

Esses dias me peguei com essa vontade: queria me apaixonar de novo. Mas parece que já faz tanto tempo que nem lembro mais como acontece, o que se sente exatamente, embriaguez de sentidos, descontrole, descompasso, taquicardia...? E alguém que gruda no pensamento e não sai. Um telefonema, do nada, que dá vontade de sorrir, mesmo odiando falar ao telefone.

Queria alguém para contar minhas loucuras e fragilidades, sem ser julgada e sem medo de que isso um dia seja usado contra mim, e também que a pessoa compartilhasse tudo de profundo sobre ela comigo. Mesmo que não fosse para sempre.

Algum dia ainda terei coragem de colocar o amor em primeiro plano na vida?

Nenhum comentário: