Pages

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Amigos-personagens

Eu queria ser escritora de verdade para escrever as histórias que amigos/colegas/conhecidos me contam e, de certa forma, imortalizar parte de suas existências.

Quase todo dia alguém me conta uma história nova, surpreendente, fascinante. Meus amigos são muito fascinantes. Se tenho intimidade com o interlocutor (nem sempre as histórias são contadas por amigos), faço mil perguntas: "Mas como é isso?", "O que sentiu?", "O que pensou?", "E se...?", "Como lida com isso?", "Como isso tudo começou?", "Como acha que isso vai terminar?", "Por quê?", "Mas... por quê?" :), etc. É uma forma de tentar enxergar por outras lentes, já que não posso ser outras pessoas. Só poder ser eu mesma é muito limitante.

É estranho pensar que quando eu morrer tudo que vejo de bonito e de interessante no mundo e nas pessoas vai simplesmente... desaparecer...

Um comentário:

.:*Mandy*:. disse...

Like tears in rain.