Pages

segunda-feira, 7 de junho de 2010

nós somos muitos cavalos

Como comentei num post anterior, trabalhamos, eu e colegas, em "baias". Fui procurar para ver se a minha sensação de "baia" ter a ver com animais tinha fundamento, e não é que tinha? Segundo o amigo Houaiss:

baia s.f. 1 compartimento separado por tábuas, na cavalariça, ao qual se recolhe o animal 2 p. ext. qualquer ambiente separado por divisórias (p.ex., laboratórios de análises clínicas, escritórios, locais onde digitadores trabalham etc.)

Ironias da vida real?

Quando me perguntarem o que faço, vou dizer que trabalho em uma baia e se perguntarem se cuido de cavalos, vou dizer que não, que sou a própria égua mesmo =P. Eguinha pocotó. Ok, parei com o humor escrachado.

O título do post é uma referência ao livro eles eram muitos cavalos, do Luiz Ruffato. Ele fez um retrato caleidoscópico das pessoas que moram, trabalham e (sobre)vivem em São Paulo.

4 comentários:

Mila disse...

"Quando me perguntarem o que faço, vou dizer que trabalho em uma baia e se perguntarem se cuido de cavalos, vou dizer que não, que sou a própria égua mesmo =P. Eguinha pocotó."

HAHAHAHAHAHA /morri
Muitoooo bom!

Anônimo disse...

hahahahahah! medooo!
eguinha pocotó foi tenso. xD
saudades, linda!

Min disse...

O "Anônimo" sou eu! HAHAHAH!
*loira que esqueceu de colocar nome e url*

aline naomi disse...

HAHAHAHAHAHA... Mila e Min, tem que brincar, senão não aguento!! =P

Beeijos!