Pages

domingo, 8 de agosto de 2010

De filmes estranhos...

Vi 3 filmes no fim de semana:

- Segredos íntimos - um filme israelense, de Avi Nescher. Naomi acaba de perder a mãe e está de casamento arranjado, como está confusa, pede para o pai deixá-la ir estudar num seminário e adiar um pouco o casamento. O pai dela consente e ela vai. Lá ela divide o quarto com mais 3 meninas, continua estudando bastante, conhece Michelle e as duas passam a ajudar uma mulher que matou o amante e, por algum motivo, foi parar na cidade. As duas acabam se apaixonando (???), Naomi desmancha o noivado com o cara, mas a Michelle surta e diz que não vai mais ficar com ela e acaba casando com um homem que era apaixonado por ela. Meio confuso, né? Haha. Mas gostei de ouvir hebraico e ter mais uma mostra do que a religião pode fazer com a mente das pessoas...

- Três gerações, um destino - um filme chinês, de Hou Yong. Avó, mãe e filha se apaixonam por homens "errados" e sempre acabam sendo abandonadas por eles. Achei meio irreal a mesma história se repetir sempre... não gostei muito desse filme.

- Depois do casamento - um filme dinamarquês, de Susanne Bier. A história é muito intrincada: Jacob ajuda a cuidar de crianças em um orfanato na Índia; para continuar com o trabalho, depende de uma doação de um empresário - mas, para receber a doação, precisa voltar à Dinamarca. A contra-gosto, ele vai. Daí acaba descobrindo que Anna, a filha do tal empresário, é filha biológica dele (???) no casamento dela, e que a ex-esposa agora é a esposa do tal empresário (ele assumiu a paternidade da garota, mesmo sabendo que não era biologicamente dele). Descobre também que há mais motivos para ele estar na Dinamarca do que simplesmente receber a doação para seu orfanato na Índia...

Eu ia ver Ponyo hoje com a Thamiris, uma garota genial (ela tem 18 ou 19 anos e lê Schopenhauer - como pode?), que conheci por acaso em algum chat já faz um tempo, mas, por ser Dia dos Pais, o pai dela pediu para que ela não saísse. Não quis ir sozinha, e não fui.

Nenhum comentário: