Pages

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Viajo porque preciso, volto porque te amo - Karim Aïnouz e Marcelo Gomes

Achei o título curioso e fui ver hoje também. Achei o filme diferente, pricipalmente do ponto de vista narrativo, mas não é tão bom quanto eu esperava.

Um geólogo precisa fazer uma pesquisa de campo pelo nordeste do Brasil e vai narrando sua trajetória. Ele vai trabalhar nessa pesquisa por 30 dias e, aos poucos, ficamos sabendo que a esposa bióloga o deixou. Ele fala da angústia de estar só, da saudade, enquanto conversa com personagens ao longo do caminho e sai com garotas de programa.

Não recomendado para quem não tem paciência para ver gente pobre, feia, mal vestida e sem todos os dentes na boca (depois de passar pela odonto é impossível não notar certas coisas...). Falo isso porque toda vez que aparecia umas pessoas "fora do padrão de beleza vigente", um cara do meu lado ficava fazendo uns sons querendo dizer: "tira essas pessoas feias da minha frente!". É, meu caro, se quer ver gente bonita e bem vestida, tem que assistir filmes hollywoodianos.

Nenhum comentário: