Pages

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

(500) dias com ela - Marc Webb

Acabei de ver a comédia romântica (500) dias com ela, que a Mila indicou e achei engraçadinha. É legal a forma como o filme é montado, são 500 dias, mas só alguns aparecem no filme, e fora de ordem, aí dá para ir montando a história do Tom e da Summer. O engraçado é que logo no começo o narrador já avisa que não é uma história de amor - mas eu achei que era só para despistar...

A Rachel, irmã mais nova do Tom, que deve ter uns 12 anos, é supermadura e dá conselhos supersensatos pra ele!! As cenas são bem engraçadas! Em uma delas ela diz algo assim: "Você acha que ela é a mulher da sua vida porque só fica lembrando dos momentos bons, mas veja a fita de novo e você vai ver que ela não era tão legal assim..." e ele chega à conclusão de que a Rachel está certa. E quando o Tom está inseguro de perguntar para a Summer o que os dois têm (se são namorados ou o quê - porque ela disse que não queria compromisso sério desde o começo, mas eles começaram a ficar e tal), ela diz: "Se eu fosse você perguntava para ela e você só não pergunta porque tem medo de que a resposta não seja a que você quer ouvir".

Depois de ver Desejo e Perigo, Anticristo, Os Famosos e os Duendes da Morte, que são densos, ver esse foi ótimo.

Nenhum comentário: