Pages

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Chuva e guarda-chuva

Acordei tarde, fiquei enrolando na cama, ouvindo o barulho da chuva. Não queria sair debaixo das cobertas. Ia convidar Kalash para almoçar, mas lembrei que não tinha o celular dele. Maybe tomorrow. Também ia ligar para a Mary, mas não tenho o número - preciso desenvolver a telepatia urgente, assim me livro dos celulares e dos números.

Vou comer algo no Mercado e depois tentar chegar na Usina do Gasômetro - sempre tem umas coisas legais pra ver lá (exposição ou instalações...).

Está um dia um pouco estranho, essa chuva que não para, mas estou feliz por estar onde estou. If tomorrow never comes.

Nenhum comentário: