Pages

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Das coisas que não sei explicar


Não sei como, mas consegui dormir praticamente 24 horas. Não, não tomei nada para dormir, sou contra a automedicação. Só me sentia estranha e sempre que me sinto assim, meu remédio é dormir para acordar bem - geralmente funciona. Mas hoje continuo me sentindo esquisita e não sei o que é.

Inferno astral? (E eu que nem acredito nisso...)

TPM? (Não enlouqueço, mas fico ensimesmada (em-mim-mesmada).)

Saudades de alguém? De mim mesma?

Vontade de ficar quietinha e só.

E hoje recebi e-mails inesperados, de pessoas inesperadas, e um recado anônimo em russo (!!) no blog. Alguma coisa deve estar acontecendo no universo e não estou percebendo. Ou, pior, alguma coisa dentro de mim pode estar acontecendo e não estou percebendo, então nem adianta fugir desse apartamento, dessa cidade, desse país, desse planeta.

2 comentários:

Lúcia Harumi disse...

Vc é um Universo. Que tal aproveitar esses momentos de Aline com Aline mesma, captar histórias (estórias?)surreais e colocar no papel? Como quando vc "viajou" p/ o interior da bolsa da sua amiga. Pode resultar em coisas muito interessantes. E eu, aguardo p/ ler. Bjs

aline naomi disse...

Vou tentar, tia! ;)
Preciso terminar uns contos também... vamos ver se consigo!
Beijo!