Pages

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Ondine - Neil Jordan


Fui ver esse filme no domingo com a Thamis.

Ficamos de nos encontrar no vão do MASP, onde acontece uma feira de antiguidades aos domingos (eu nem sabia). De lá, passamos no Conjunto Nacional, onde só estava passando Comer, Rezar, Amar. Aí ela sugeriu irmos ver o que estava em cartaz no Espaço Unibanco e, lendo os recortes de jornal no mural, esse pareceu interessante. Na verdade, ela leu algo e comentou: "Nesse filme o cara acha a mulher na rede de pesca dele...", aí eu já disse: "Quero ver esse!" =).

De fato, o personagem Syracuse (ou "Circus", como também é conhecido) um dia encontra uma mulher em sua rede de pesca. Ele a salva, mas ela diz não se lembrar de onde veio, não lembra de nada, e tem medo de ser vista por outras pessoas. Quando Ondine (o nome que a mulher inventa para si) canta, Syracuse tem um bom dia de pesca. Annie, a filha de uns nove anos de Syracuse, passa a acreditar que Ondine é uma selkie, uma mulher-foca das lendas. É um filme bonito, que mistura realidade e fantasia.

2 comentários:

.:*Mandy*:. disse...

Ai que lindo! Quero ver tbm =D

aline naomi disse...

É bem bonito!! Você embarca na fantasia e passa a acreditar que selkies existem! :)