Pages

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Quando a vida é mais urgente

Carteirinha de cinéfila + ingresso sobre Amy Winehouse na capa da Bravo! de janeiro

Ando vivendo demais. Ando vivendo tanto que não está dando tempo de vir escrever.

Sexta fui ver Cisne Negro (perdi a sessão de Biutiful, porque tinha bastante trânsito na volta do trabalho), sábado fui comer sushi com amigos da primeira editora onde trabalhei, domingo não consegui fazer toda a "maratona cultural" que programei, porque acordei tarde, mas me diverti muito no Ibirapuera: consegui ver a Tiê cantando as duas últimas músicas do show (uma delas era "Sweet Jardim", uma das minhas preferidas - a Yuri queria que eu gritasse: "Canta 'Aula de francês'!", a minha preferida dela, mas não tive coragem - a Yuri está tentando me ensinar a tocar essa no violão e, por mais simples que seja, vou precisar treinar MUITO), vi a exposição das águas na Oca, fui pro planetário, a Yuri me levou pra comer numa padaria buonissima chamada "Galeria dos Pães".

Sábado que vem quero voltar pra exposição das águas com a Mila. Também vou propor irmos pro MAM e passar no Museu Afrobrasileiro (fica tudo dentro do Parque Ibirapuera). [Mila, preciso entrar naquele MAM, por favor!]

Amanhã vou ver a animação O Mágico (do mesmo diretor de As bicicletas de Belleville, Sylvain Chomet) com a Sol Y.

Sexta, sábado e domingo tem yakissoba em Suzano, em comemoração ao início do Ano-Novo Chinês. Queria ir no domingo pra ver minha prima Fabiana que não vejo faz tempo. Ela vai trabalhar no negócio como voluntária. Mesmo ela não sendo chinesa (haha). E queria pegar o trem que vai até Suzano.

Domingo vou ver a peça Dueto para um, no Tucarena, com a Yuri. A protagonista, a atriz Bel Kowarick, é esposa do Marcelo Tas :). A peça foi muito bem elogiada e a Tati Luques me recomendou muito também. Já comprei as entradas e estou feliz.

E no outro fim de semana, vou ver tango com a Lana e com a Bi no auditório do Ibirapuera.

No fim do mês tem Powwow (um encontro informal) com amigos tradutores, em Floripa, mas não sei se vai dar para eu ir. Queria muito vê-los.

Fiz uns videozinhos que vão demorar um milhão de horas para "uploadar" no Youtube, mas vou postar. Quero filmar um trecho da viagem de trem de Barueri (Alphaville fica em Barueri, onde estou trabalhando agora) até a estação da Barra Funda, que fica na maldita linha vermelha, um dia. Gostei de andar de trem, dá pra ir vendo a paisagem solitária que passa pela janela, mas não gosto da Barra Funda em horários de pico. Quando vivenciei pela primeira vez, fiquei paralisada, olhando a manada subir as escadas. É de dar medo.

Depois vou retomar tudo com calma. Por enquanto, preciso terminar de revisar uns poemas. E hoje ganhei outra revisão de livro para fazer. Se continuar assim, logo poderei comprar a minha sonhada máquina de lavar roupa (eu sempre gasto o dinheiro que junto pra comprar a máquina com viagens, preciso parar com isso) - as pessoas normais sonham com um carro bom e bonito, eu sonho com uma Brastemp mesmo! :)

2 comentários:

Old Little Girl disse...

No fim, de tanto que vc gasta com outras coisas, vc vai comprar uma máquina de lavar qualquer... que não é bem uma Brastemp... mas pega... no tranco!
hauahuahauhauahauhauahauhauhauhauha
*vc lembra desse comercial?

aline naomi disse...

HAHAHAHAHAHA!

Não lembro desse comercial, não.

Mas quero uma Brastemp ou uma tão boa quanto. Imagina gastar uma grana em uma máquina e ela quebrar em pouco tempo? Não dá.