Pages

terça-feira, 26 de abril de 2011

A Revolução dos Bichos - John Stephenson

Na quinta fui levar minha mãe pro shopping, porque ela queria comprar o DVD "Sansão e Dalila" nas Lojas Americanas, não resisti e acabei comprando o DVD de "A Revolução dos Bichos" e também o livro 3096 dias, da Natascha Kampusch.

Já vi o filme e li o livro.

Apesar de o livro homônimo, de George Orwell, ter sido escrito em 1945, em crítica ao stalinismo, duas coisas me chamaram a atenção, por ainda serem válidas para os dias de hoje (e talvez para sempre):

- "Conhecimento é poder" (não sei todos conhecem a história, mas, bemmm resumidamente: um dia um porco velho e sábio tem um sonho e convoca uma reunião com todos os animais da fazenda; ele diz que os animais são explorados pelos humanos e isso deve mudar, a partir daí, os animais se revoltam contra o fazendeiro, sua esposa e uns amigos bêbados do fazendeiro - depois disso, os porcos tomam o poder e eles sabem ler... por saber ler/ter conhecimento, vão mudando as leis iniciais de acordo com o que lhes convêm);

- a TV como instrumento de distração - há uma passagem em que os porcos no poder são questionados: "Por que só os porcos ficam com as maçãs e com o leite, sendo que todos trabalham?"; os porcos não têm explicação, são gananciosos e corruptos, aí um deles tem a ideia de colocar o aparelho de TV que estava na casa do fazendeiro para distrair os outros animais, até que eles, os porcos, arranjem uma desculpa qualquer para explicar por que só eles ficam com o bom e o melhor (depois eles dão uma desculpa muito esfarrapada e os outros animais não contestam, pois estão mais interessados em ver TV - qualquer semelhança com o mundo humano atual é mera coincidência... haha).

Gostei muito do filme e quero ler o livro!

Nenhum comentário: