Pages

domingo, 1 de maio de 2011

Empréstimos de livros

Só pra avisar que estou com vários livros emprestados e que eu vou devolver (é claro! haha) assim que eu terminar de ler, ok?

Ontem o Sérgio do curso de tcheco me emprestou:
- A revolução dos bichos (editado pela Cia. das Letras, que legal!), que eu queria mesmo ler depois de ter visto o filme!
- Histórias Apócrifas, do autor tcheco Karel Čapek

Do Dan estou com:
- Amor em minúscula, do Francesc Miralles (por enquanto, só posso comentar da capa: é bonita!)

Da minha tia estou com:
- A arte de correr na chuva, do Garth Stein (esse eu comecei a ler, mas parei, são as memórias de um cachorro cujo dono era piloto de F1 :)

Da Yuri estou com várias HQs (adoro!):
- Clic 3 e Clic 4, do Milo Manara (os dois primeiros ela já me emprestou, já li e gostei!)
- 3 livros da série Bórgia, Jodorowsky & Manara

Da Bá estou com esses:
- Noites Brancas e Outras Histórias, do Dostoiévski (não tem a capa porque um ex dela arrancou, por ciúmes - hahaha)
- xerox de Stupeur et tremblements, da Amélie Nothomb

E estou com O livro da gráfica, que o editor me emprestou (leio às vezes na hora do almoço).

Se alguém mais tiver me emprestado algo e eu não devolvi ainda, me fala!! Obrigada. ;)

5 comentários:

Lúcia H. disse...

Vou te emprestar "Lua de Yakuza", qdo uma amiga me devolver. Se vc quiser, é claro. É autobiográfico, da filha de um chefão da Yakuza. Uma vida da pesada, mas hoje ela está bem, com uma filhinha linda (há fotos no livro). Só espero q vc não fique inspirada a fazer tantas tatuagens como ela. Rs.
Bjs

aline naomi disse...

Hahaha!

Quero, sim, tia!! Como você vê, não tenho pressa, ainda tenho uma pilha de livros pra ler. Quero ler tudo, aí começo um, deixo, pego outro, depois outro... preciso de um pouco de disciplina para ler.

Ai, adoro tatuagens, ainda quero fazer mais algumas... mas não exageradamente...

Beeeijos!

Lúcia H. disse...

"A arte de correr na chuva" é o livro que eu gostaria de ter escrito. Sabe, que antes de eu saber da existência dele eu tinha pensado nisso? O(a) narrador(a) seria a branquinha peludinha, filha da Pink. Havia livros que autores falam de cães e o meu seria da branquinha (Babi) falando da dona,de seus 10 irmãozinhos, de seus "tios postiços"(Bob e Freud) . Como diz vc: HÁHÁHÁHÁ, pois achava uma ideia original e...não era!

Fabio disse...

Você lê Tcheco? Gosto muito dos contos de Jaroslav Hasek (minha edição inglesa)!

aline naomi disse...

Oi, Fabio!
Estou começando a entrar em contato com a literatura tcheca agora. E ainda não leio em tcheco (estou no tcheco básico), mas no futuro quero ler, sim, e, se possível traduzir literatura tcheca para o português! (Olha a pretensão da pessoa ;) Porque queria que os brasileiros tivessem mais contato com essas culturas que não são tão "populares" por aqui.

Obrigada pela dica do autor Jaroslav Hasek. Vou procurar! =D

Um abraço.