Pages

sábado, 25 de junho de 2011

Sobre viver, dormir e postar

Estive meio ausente porque estava vivendo e dormindo.

Nas últimas semanas, vi muitos filmes, vi amigos, passeei, comi em lugares diferentes, li HQs, estudei japonês e tcheco, vivi tudo que consegui. No meio disso tudo, as coisas virtuais (blog, e-mail, redes sociais) ficaram em segundo, em terceiro, em último plano. Menos o Twitter, talvez, cuja página fica a maior parte do tempo aberta no trabalho e, quando dá tempo, dou uma olhada e tuito também. É fácil, rápido, simples.

Nunca tive muita paciência com computadores e nunca me interessei por tecnologia. Ultimamente, muito menos. Mas sinto falta de escrever, de compartilhar leituras, filmes, ideias. Só que, no ritmo em que eu estava (trabalhar, estudar, viver), eu tinha de escolher: ou escrever no blog ou dormir. Aí eu ia dormir... :) Porque, infelizmente, preciso de algumas horas de sono por dia (noite), como toda pessoa normal!

Nesse feriado prolongado (quinta foi feriado de alguma coisa que não sei e sexta não trabalhei), vim para São José ver minha família, lavar roupa e tentar organizar DVDs e livros para levar para São Paulo. E quero me desfazer de todo o desnecessário que está no meu quarto. É difícil me desapegar de livros, mas vou conseguir. Não quero ficar com coisas que sei que não vou reler. É preciso deixar ir. Não preciso e nem quero tudo que está lá. Até porque, talvez, daqui um tempo, meu quarto nem exista mais.

Amanhã (na verdade, hoje, porque já são quase 2h da manhã!), vou colocar o blog em dia.

Nenhum comentário: