Pages

domingo, 3 de julho de 2011

La noche es un pez

Queria escrever mais, mas já está tarde (ou cedo), preciso dormir.

Por hoje, encerro com uma foto de uma poesia bonita que achei no muro de um cemitério e uma outra da Paulista, avenida amada.




Nenhum comentário: