Pages

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Autoajuda, autodestruição

Comecei esse outro blog para colocar a pesquisa sobre livros de autoajuda que estou fazendo:


Vamos ver o que consigo concluir (ou não) daqui um tempo. No mínimo, vai me acrescentar alguma coisa. No máximo, conseguirei escrever uma boa história.


2 comentários:

Lúcia H. disse...

Hoje, fiquei meio "encafifada" com o termo autoajuda para os livros assim classificados. Talvez algum entendido possa me esclarecer. Autoajuda, não significa ajudar a si próprio? Se o leitor vai seguir um "conselho" do escritor, então deixaria de ser auto, não? Se assim for, creio que seria necessário alterar a classificação. Assim como fico "encafifada" com o termo autópsia, para exame físico. Já escrevi um poema com o título "Autópsia", que era uma tentativa de autoanálise de sentimentos. Conf. dicionário, autópsia: abertura de cadáver para estudo médico. Ninguém abre o próprio cadáver (a não ser uma alma penada), né? Como não entendo latim ou Linguistica em geral, pode ser que escrevi muita besteira. São apenas as ????? da minha mente.

aline naomi disse...

Mas talvez seja autoajuda no sentido de a pessoa ler o que outra pessoa sugeriu, mas tentar resolver as coisas por si mesmo... eu também não entendo...