Pages

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Retrospectiva 2012

Não costumo fazer "retrospectivas", mas queria deixar registrados alguns números que para mim foram impressionantes esse ano (depois que alguns amigos comentaram os deles no Twitter, fui somar os meus):

Vi  172 filmes (92 em DVD e 80 no cinema - entrei 80 vezes em salas escuras para ver filmes!) e revi 10 (em DVD).
Li 28 livros, reli 3 e li 15 HQs.
Vi 8 peças de teatro e 2 stand-up comedies.
E devo ter ido a umas 10 exposições, incluindo a Bienal de Artes.

Os melhores filmes:
- Um alguém apaixonado
- Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios
- Precisamos falar sobre o Kevin
- Procurando Elly

Os melhores livros:
- Hotel Íris (Yoko Ogawa)
- Balzac e as Costureirinha Chinesa (Dai Sijie) - li o livro e quis rever a versão cinematográfica
- Mil tsurus (Yasunari Kawabata)
- Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios (Marçal Aquino) - amei o filme (que vi duas vezes) e fui ler o livro

As melhores HQs:
- Retalhos (Craig Thompson)
- O paraíso de Zahra (Amir e Khalil)
- O fotógrafo (Didier Lefèvre, Emmanuel Guibert e Frédéric Lemercier)
- Gourmet (Jiro Taniguchi e Masayuki Kusumi)

A melhor peça:
- Prazer

E gostei do stand-up Cada um com seus pobrema, do Marcelo Médici. Talvez por ele ser ator, o show é bem engraçado, ele encarna tipos sem ser ofensivo (diferente desses outros caras ou minas idiotas que se dizem humoristas, mas que contam piadas preconceituosas que não têm a menor graça!). Confesso que tinha um certo preconceito contra esse tipo de show, então esse foi uma surpresa muito boa.


***

Esse ano, além de ter sido muito rico culturalmente, também foi bom porque voltei a estudar - comecei o MBA que vinha planejando há pelo menos dois anos, trabalhei bastante e ainda peguei uns freelas. Ano que vem será que consigo ir para Nova York e para Jupiter, na Flórida? É sério, descobri uma cidade bem bonita que se chama Jupiter, que fica na Flórida e eu quero ir pra lá!

Aprendi a fazer várias receitas, escrevi uns contos e mandei para uns concursos literários - não deram em nada, mas foi bom participar. Eu queria continuar escrevendo no ano que vem, preciso de prática e disciplina para melhorar... já tenho trinta e poucos anos e ainda estou em busca de um estilo.

Enfim, deu tempo de fazer muitas coisas e de viver bastante em 2012. E quero viver mais em 2013.

Também joguei na Mega da Virada. Se eu ganhar, desisto dos meus planos incertos de me tornar editora no médio prazo e vou para Tóquio estudar literatura japonesa, cinema e culinária (entre outras coisas inúteis que não dão dinheiro, mas que eu amo) - e quem sabe depois focar em tradução e ser uma boa tradutora de literatura japonesa, que é o meu sonho de longo prazo. Com grana eu conseguiria atingir esse objetivo mais rápido e isso me deixaria MUITO feliz! Porque sonhar não custa nada... :)

Por último, anexo um vídeo que a Analu, uma amiga que reencontrei esse ano, depois de um hiato muito grande, indicou. Não tenho nem o que comentar. O vídeo é inspirador.


4 comentários:

Luciana Borba disse...

Isso que é aproveitar bem o ano que passou. Não sei como você consegue fazer tantas coisas, e o melhor, sempre bem feitas, espero um dia chegar pelo menos perto.
Parabéns é que 2013 seja ainda melhor.

Anônimo disse...

Se dedicar aos seu sonhos, mesmo que pareçam insanos, não é inútil, é uma forma de ser feliz, celebrar a vida e agradecer a Deus por isso.

Dan disse...

Pra quem sente que perdeu o último ano, esse post eh inspirador... me ensina??? =)


Aaah, voltei pro meu bloguinhoo ^^

aline naomi disse...

Lu,
obrigada pelos votos e também te desejo um ótimo ano!!
Beijos!

***
Anônimo,
sim, tento sempre acreditar nos meus sonhos (além de correr atrás deles), ainda que os sonhos às vezes mudem.

***
Dan,
como assim "perdeu o último ano"?! E, infelizmente, não tem como te ensinar como VIVER! Porque só você pode saber o que é mais importante fazer com o tempo que você tem.
Vou passar lá no seu blog!
Beijos!