Pages

domingo, 15 de setembro de 2013

Meu primeiro Kindle


Em meio à minha enorme hesitação (e também um pouco de preguiça) em ir até as lojas experimentar e me decidir por um aparelho eletrônico capaz de ler e-books, o giu me deu um Kindle. E terminou com a minha angústia e indecisão. 

Conheci o giu em um chat há mais de dez anos. Na época, ele morava em Salvador, e eu, em São José dos Campos/São José do Rio Preto. E mantivemos contato por carta, e-mail, telefone, alguns encontros pessoalmente. Às vezes silenciamos, mas sempre voltamos a nos falar. Como nos interessamos pelos mesmos assuntos, cultura, livros, cinema, viagens, lugares, pessoas, sempre temos o que conversar. Às vezes queria que ele morasse mais perto para gente poder conversar mais pessoalmente. Ele me fez querer conhecer Salvador (e Brasília, onde ele mora atualmente). As pessoas me falam dos lugares onde moram e eu fico com vontade de percorrer as mesmas ruas que elas para ver tudo com meus próprios olhos.

Ainda não li nenhum livro de verdade no Kindle. Apenas um livro bobinho chamado Os Haicais do Menino Maluquinho, do Ziraldo, que a Yuri baixou de graça.

O presente fora de época (o pacote chegou mês passado e não era Natal nem aniversário) chegou numa ótima hora, porque um leitor de e-books era uma necessidade meio urgente pessoal e profissionalmente. Apesar da pilha de livros impressos que me aguarda ansiosamente para ser lida.


E essa é só uma parte dos livros que quero ler...

3 comentários:

Rafaela Figueiredo disse...

Eu tb coleciono marcadores! *-*
E ainda não consegui me inteirar nessa onda dos e-books. :(


*Super curtindo teu blog!

aline naomi disse...

Obrigada pela visita e pelos comentários, Rafaela! ;)

Eu também ainda não me dou bem com e-books... embora acredite que ele seja uma evolução dos livros impressos. Acho que no futuro teremos praticamente só e-books (tanto por serem mais baratos quanto por serem mais fáceis de produzir - além de serem "ecológicos").

Rafaela G. Figueiredo disse...

concordo, só não fico muito feliz.
e como ficará minha estante?! [ok, sou uma pessoa materialista u_u rs]

valeu pela simpatia!

abraço