Pages

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Restaurante Rinconcito Peruano e Sorveteria Soroko, em SP

Duas descobertas gastronômicas do ano passado: um restaurante peruano chamado "Rinconcito" e uma sorveteria com sorvetes vegan chamada "Soroko" (que leva o sobrenome do dono).

Procurando pelo Google, há vários posts sobre o "Rinconcito", então escreverei o básico: o lugar foi recomendado por amigos, fica no centro de São Paulo (próximo à estação de metrô República), fica na Rua Aurora, 451, e não tem placa. Sobe-se por uma escada até chegar a um dos dois andares do restaurante. Há um segundo andar, que é melhor, por ser mais ventilado.

Nessa foto pode-se ver parte do segundo andar:


Cardápio:


Os pratos são fartos (cada um dá para duas pessoas) e são relativamente baratos. Algumas opções:

Esse lomo a lo pobre é ótimo!




O ceviche misto (provei esse prato pela primeira vez mês passado) é muito bom:


Arroz chaufa com camarão e carne:


Arroz branco, frango frito, batata frita e salada:


Alfajor (bandeja com 8):


Chincha morada (bebida a base de milho roxo) - gelada, é ótima:



Em dezembro fui três vezes com amigos e ia uma quarta vez no dia 30, mas estava fechado (só voltará a funcionar dia 02/01/14). Não tem importância, certamente voltarei lá muitas vezes.

Outro lugar maravilhoso que conheci foi a Sorveteria Soroko (Rua Augusta, 305). Essa sorveteria também não tem placa, mas é azul e dá para saber que é uma sorveteria - e se procurar no Google há vários posts e até reportagens sobre ela. Um dos posts que li e gostei foi este (tem várias informações e fotos).


Há alguns sabores sem ingredientes de origem animal e também uns diferentes. Meus preferidos são de pétalas de rosas e tapioca.

Os preços (dezembro/13) eram: sorvete de massa R$ 40/kg e picolé R$ 2 (cada).

Comentário aleatório: acho que alguém deveria fazer um guia desses restaurantes e outros lugares que vendem comida e que não têm placa... conheço um restaurante chinês na Liberdade que também não tem placa (que é ótimo e barato e onde as atendentes não falam português - a Flávia que me apresentou) e a Jussi e o namorado dela disseram que conhecem um restaurante árabe ótimo e barato que, para chegar lá, precisa passar por dentro de um açougue (estou superansiosa para conhecer esse lugar!!, quando eu for/quando eles me levarem, eu conto).

E essas foram as dicas gastronômicas paulistanas do dia! :)

Mangia che ti fa bene!


2 comentários:

Grazi Lotti disse...

Obrigada pelo link do blog! O post ficou ótimo com as dicas!
beijos!

aline naomi disse...

Grazi, seu post sobre a Soroko ficou ótimo. Você faz umas fotos lindas!