Pages

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Ficções - cia hiato


Ontem (12/08) a Mila me convidou para ver uma peça e me animei a ir.

Fazia muito tempo que eu não ia ao teatro, nem lembro qual foi a última peça que vi. Mas é certo que essa foi a primeira de 2015.

Cheguei à conclusão de que preciso que alguém me chame para ir ao teatro para eu ter vontade de ir, diferente do que acontece com a vontade de ir ao cinema, por exemplo, que nasce de mim mesma e quando quero ir, vou sozinha ou acompanhada, não importa. Talvez por já ter visto peças chatas e que me deram muito sono, espero alguém me recomendar algo bom, aí vou com mais segurança de que não vou me decepcionar e nem achar que foi tempo jogado fora.

Há bastante tempo a Mila e o Tene (que também foi ver a peça) me falavam da cia hiato (tenho uma vaga lembrança de ter visto alguma peça deles há anos e de não ter gostado) e principalmente da atriz Luciana Paes, que eles amam de paixão e consideram a melhor atriz do mundo. Fiquei bem curiosa para ver o que a Luciana tinha de tão extraordinário. E descobri ontem. Ela é MUITO boa atuando e virei fã. Depois a Mila disse que era a quinta vez que ela tinha visto esse mesmo espetáculo com a Luciana Paes. Gente. :) Mas é compreensível. Luciana Paes é apaixonante e me senti "tragada" para dentro do espetáculo. Não sei como ela consegue. Talvez a paixão dela pelo teatro explique.

Luciana Paes (foto daqui)

Pesquisando no YouTube, descobri que a Luciana fez um vídeo bem engraçado tirando sarro da nova onda de cantores de MPB do tipo A melhor banda da cidade, que alguém me mostrou faz tempo; eu nem lembrava que era ela:



Bom, falando um pouco sobre a peça, ela faz parte do espetáculo Ficção, que é composto por monólogos misturando ficção e fatos biográficos dos atores. Além da Luciana Paes, o espetáculo conta com mais cinco atores: Aline Filócomo, Fernanda Stefanski, Maria Amélia Farah, Paula Picarelli e Thiago Amaral.

No espetáculo de ontem, vimos também a Paula Picarelli (que talvez muitos conheçam por causa de uma novela que ela fez na Globo que eu não lembro o nome, em que fazia par romântico com a Alinne Moraes - aliás, ela ironiza um pouco o fato de ter trabalhado na Globo ao dizer que "fracassou" por não ter feito mais novela quando, provavelmente, deve ter percebido que aquilo tudo, incluindo a exposição em excesso, a obrigação de ir a programas de TV falar sobre a personagem dela, sobre a vida pessoal dela etc., era uma merda e que não ia aguentar, que gostava mesmo era de fazer teatro). Lembro da Paula Picarelli mais por causa de um programa de literatura que ela apresentava na TV Cultura.

Paula Picarelli (foto daqui)

O monólogo da Luciana Paes fazia um link com a vida e obra da Frida Kahlo; a personagem (e/ou a própria atriz?) traça paralelos entre a vida dela e a vida da artista mexicana, mesclando isso com falas sobre o fazer teatral. E a sacada é: não dá para distinguir o que é real e o que é ficção. Só vou contar isso, porque se eu falar mais, estrago as surpresas.

O monólogo da Paula Picarelli era sobre a desistência dela do projeto um pouco antes da estreia; aí ela abre um arquivo no notebook e passa a falar sobre o que ela iria fazer no espetáculo, começando por uma carta que os pais dela receberam de uma agência de casting quando ela tinha uns 6 anos, convidando-a para fazer um teste para o xampu Johnson's - sendo que ela não passou no teste porque um dos dentes da frente tinha acabado de cair e a produção achou que não era legal um sorriso banguela no final da propaganda. Depois ela fala sobre a entrevista que ela ia fazer com ela mesma, respondendo perguntas banais e depois outras incômodas. 

Os monólogos são ótimos, há uma boa dose de drama e comédia, tudo na medida exata.

Recomendo muito!

Uma curiosidade: a Vera Holtz estava na plateia. E, no fim do espetáculo nós a vimos cumprimentar as atrizes. Meus pais gostam muito da Vera Holtz como atriz. Aí, por ela ser de Tatuí, no interior de São Paulo, lembrei de uma amiga tradutora, a Tati Teles, e de uma amiga médica com quem não falo há muito tempo, a Lina, que também são de Tatuí. Deu saudade.

Procurei trechos dos monólogos que vi no YouTube, mas não encontrei. Encontrei apenas trechos de outros dois monólogos (eu queria ver esse que aparece no vídeo também, parece ser muito bom):


O quê? Espetáculo teatral Ficção
Onde? TUSP - Rua Maria Antônia, 294 Consolação – São Paulo, SP - Tel. (11) 3123-5233 – Metrô Santa Cecília [dá para descer a Rua Consolação a pé ou de ônibus também, dá uns 20/25 minutos a pé]
Quando? De 29 de julho a 21 de agosto – quarta a sexta, 20h30.
Quartas: Ficção # Luciana Paes e Ficção # Paula Picarelli
QuintasFicção # Maria Amélia Farah e Ficção # Thiago Amaral
Sextas: Ficção # Aline Filócomo e Ficção # Fernanda Stefanski
Obs. 02 monólogos de 60 minutos por dia.

Quanto? R$ 20,00 (meia-entrada: R$ 10,00). 
Ingressos limitados a dois por pessoa.

Nenhum comentário: