Pages

sábado, 8 de agosto de 2015

HQ Dois irmãos - Fábio Moon / Gabriel Bá


Título: Dois irmãos
Autor: Milton Hatoum
Adaptação e desenhos: Fábio Moon e Gabriel Bá
Editora: Quadrinhos na Cia.
Nº de páginas: 232
Ano de publicação: 2015

***

Essa foi a primeira HQ adaptada de um livro de literatura que li. Confesso que tinha um pouco de receio de me decepcionar, mas também estava curiosa para ver o resultado do trabalho dos gêmeos Fábio Moon e Gabriel Bá, porque gostei muito de Daytripper. E, no fim das contas, a HQ é excelente. Apesar de ainda não ter lido o livro original, dá para perceber que o lado "literário" do livro foi mantido, além de dar para entender tudo perfeitamente - talvez um detalhe ou outro tenha sido omitido em relação ao livro original, mas a essência foi bem captada. 

Nesta entrevista, o  Gabriel conta que só para fazer o roteiro, eles levaram cerca de dois anos e, para concluir tudo, mais dois anos. E eles também foram para Manaus, onde a história se passa (Milton Hatoum, autor do livro do qual se originou a HQ, é de Manaus), para entender melhor a cidade.


A história gira em torno de dois irmãos gêmeos, Yaqub e Omar, que, apesar da semelhança física, têm personalidades muito diferentes e se odeiam. Além disso, a aparente proteção que a mãe dá a Omar acaba por acentuar a rivalidade dos irmãos.



Yaqub é mandado para o Líbano pela família e volta cinco anos depois. Por sua própria opção, e talvez por sentir que não pertencia mais àquele lugar e também para ficar longe do irmão, se muda para São Paulo, enquanto o irmão permanece na casa dos pais, levando uma vida boêmia, para desgosto do pai.


Yaqub termina os estudos, torna-se engenheiro e parece prosperar, enquanto a rotina na casa de sua família em Manaus permanecia quase inalterada: o pai, Halim, trabalhava em sua loja, a irmã mais nova, Rânia, o ajudava, a mãe, Zana, cuidava da casa com a ajuda de Domingas e seu filho (é ele quem narra a história retrospectivamente).



A história familiar vai se desenrolando e, como pano de fundo, vemos as mudanças que vão ocorrendo em Manaus. É legal observar como a cidade foi retratada ao longo dos anos, o que me deu mais vontade de conhecê-la.

Essa história me lembrou um pouco Éramos Seis (foi uma das únicas novelas que acompanhei, em geral, não tenho paciência; passava no SBT e era baseada no romance de Maria José Dupré - que até hoje não li). As relações familiares (tema que me interessa) são tratadas não como em uma propaganda de margarina, com todo mundo feliz, mas como realmente são, com rivalidade, brigas, confusões, desafetos, amor, traição, mentiras e segredos.



A HQ também foi lançada simultaneamente na França e sai nos Estados Unidos em outubro desse ano.


 Comprei o romance do Hatoum e o livro chegou há alguns dias. Estou ansiosa para ler! =)

Nenhum comentário: