Pages

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Bullguer, para devoradores de hambúrgueres

Ontem eu e a Yuri voltamos ao Bullguer porque estávamos com vontade de hambúrguer e também da limonada especial com frutas vermelhas (!). Agora essa é uma das minhas hamburguerias preferidas - a outra é a Hamburgueria do Sujinho

Apesar da lotação (ontem a filial da Vila Nova Conceição estava muito lotada, mesmo perto da hora de fechar; e no outro dia em que fomos, uma terça ou quarta, também não havia mesa), vale a pena. Ontem e no outro dia, o pedido para viagem demorou uns 20 minutos para ficar pronto.

No outro dia provamos um hambúrguer chamado Stencil (pão, carne, queijo, cebola roxa, tomate, alface e molho), que é maravilhoso. Ontem provei o Uovo (pão, carne, queijo, ovo e maionese), a Yuri pegou um Lumberjack (pão, carne, queijo, bacon, picles e molho) e dividimos um Chicks (pão, frango, queijo, cebola roxa, alface e maionese). Também pedimos uma porção de batata frita, que vem em formato de Cheetos requeijão temperada com páprica (eu dispensaria essa páprica) e acompanhada de maionese e limonada com frutas vermelhas.

Uovo com fritas e maionese no potinho 

Close nas fritas com páprica 

Lumberjack

Chicks 


 Limonada com frutas vermelhas

Gostei muito do meu Uovo, a Yuri gostou muito do Lumberjack (é mesmo muito bom!) e o Chicks que dividimos achamos mais ou menos (em certo ponto, achei que tinha um pouco o gosto do McChicken!). Acho que os hambúrgueres de carne são o forte lá - por isso provavelmente nem vou provar o hambúrguer de peixe. 

O problema da batata frita com páprica é que o tempero deixa a batata mais salgada do que eu gostaria, por isso dessa fez só pedimos uma porção. A maionese que a acompanha é ótima.

Essa limonada é - NOSSA! -... sem palavras! Vem com pedaços de frutas vermelhas e, às vezes, com framboesas inteiras.

O preço médio do hambúrguer é de R$ 20 (um pouco abaixo da média, considerando os preços em São Paulo) e acho que vale a pena.

A única coisa que não entendi é por que a atendente de ontem queria cobrar a taxa de serviço de 10%, sendo que o pedido era para viagem. Perguntei se a taxa era obrigatória, ela disse que não, então respondi que preferia não pagar - pois é, mão de vaca mode on. É que nunca, jamais, em toda a minha existência, vi um lugar cobrar taxa de serviço quando a pessoa vai pegar comida para viagem, além da taxa de embalagem! Fora isso, recomendo muito o lugar. E para quem, assim como eu, não tem paciência para esperar sabe-se lá quanto tempo por uma mesa, a opção "para viagem" é a melhor.

Nenhum comentário: